Desafios da industria no pós crise

A pandemia do Covid-19 pegou a todos de surpresa e praticamente pausou a economia, diminuindo ou interrompendo a operação da maior parte das empresas. Agora, que as condições permitem a volta ao trabalho, muitos gestores estão inquietos, preocupados com os desafios da indústria no pós-crise.

Em uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) atingiu 57 pontos em agosto, número muito positivo considerando que em abril deste ano o valor médio atingiu 34,5 pontos.

A verdade é que embora os empresários estejam otimistas, o cenário também é de incertezas, e por isso é importante que as empresas repensem suas práticas, em busca de processos mais eficientes e produtivos.

Considerando isso, preparamos este conteúdo para que você e sua empresa obtenham sucesso nessa retomada.

Leia o artigo e descubra quais os principais desafios da indústria no pós-crise e entenda como se preparar para eles!

Principais desafios da indústria no pós-crise

Se observamos com calma a situação, é fácil perceber que um dos problemas mais graves, aos quais as indústrias estão sujeitas nesse momento, é a recessão econômica. Esse evento acarreta uma série de problemas.

Entre esses problemas, podemos dizer que os mais complexos são o desemprego e a queda no poder de compra da população. Com a população gastando menos, as empresas vendem menos, o que acaba por reduzir suas margens de lucro.

Outro ponto crítico dessa crise é que, devido ao isolamento social, que de fato é necessário, a produção de diversas matérias-primas, fundamentais para a produção industrial, teve sua fabricação diminuída ou até mesmo interrompida.

Embora a produção esteja voltando, é possível que o volume de demanda deixe algumas companhias sem insumos. Uma situação em que elas não seriam capazes de operar.

Estratégias para manter o negócio relevante!

Para lidar com os desafios da indústria no pós-crise, é necessário que gestores e empresários administrem seus negócios de um modo mais estratégico. Ou seja, eles precisam cortar gastos desnecessários e otimizar processos, tornando assim seus negócios mais eficientes.

Mapeamento de processos

É importante que o time de gestão faça um mapeamento completo de seus processos, em busca de gargalos na produção que possam ser eliminados. Nessa atividade, é bem provável que diversos gastos desnecessários e custos ocultos sejam identificados, criando assim uma oportunidade para que a indústria use seus recursos de modo mais inteligente.

Nesse momento, a tecnologia surge como uma série de soluções úteis. Por meio de softwares especializados e de sistemas de monitoramento de ativos, por exemplo, o time de gestão pode exercer um controle muito mais amplo sobre seus processos produtivos.

Operação de máquinas industriais

Quando pensamos na produtividade de uma indústria, seu maquinário é um dos pontos mais importantes. Atualmente, elas precisam operar de uma maneira ainda mais eficiente.

Para garantir essa eficiência, a indústria precisa implementar serviços de manutenção preventiva. Nesse processo, é importante que simples componentes desde engrenagens a máquinas robustas tenham seu funcionamento acompanhado de perto e sejam substituídas sempre que necessário.

Automação de processos

Por meio da automação dos processos produtivos, máquinas podem operar por mais tempo e de modo mais eficiente. Isso com o mínimo de monitoramento humano, o que acaba reduzindo os custos da companhia.

Além disso, com a implementação de softwares, essa tecnologia pode ser aplicada em processos repetitivos da empresa, o que abre espaço para que seus colaboradores sejam alocados em atividades mais estratégicas.

A pandemia prejudicou diversos negócios e colocou um grande número de companhias em uma situação difícil. Neste novo cenário, o pensamento estratégico, e as ferramentas criadas pela tecnologia, podem ser vistas como a base de crescimento e recuperação das empresas.

Por essa razão, é fundamental que os gestores aperfeiçoem cada vez mais sua operação, integrando novas tecnologia aos seus processos.

Gestão contábil e financeira

As autoridades visando a sobrevivência das empresas oferecem alguns benefícios às empresas, mas ainda assim as dificuldades existem.

Neste cenário, os profissionais da área fiscal e o contador assumem um importante papel dentro das companhias, conduzindo a organização das despesas com os tributos e adoção de regimes especiais, quando possível e necessário.

Uma indústria que tenha optado por diversificar sua produção, ação muito comum neste cenário, por exemplo em termos tributários e fiscais deve estar atenta à correta classificação do novo produto para não incorrer em erros.

Agora que você já sabe como começar a se preparar para os desafios da indústria no pós-crise, que tal receber mais informações úteis? Acompanhe nosso blog para mais novidades.

Guest post produzido pela Acoplast Brasil, indústria do segmento de engenharia mecânica.